Campinense e Botafogo-PB começam a decidir o Campeonato Paraibano


Em 05/04/2018

 



O Clássico Emoção vai decidir o Campeonato Paraibano pela oitava vez. Na noite desta quinta-feira, às 20h30, no estádio Amigão, em Campina Grande, Campinense e Botafogo-PB se enfrentam pela primeira partida das finais do estadual de 2018. O segundo duelo ocorre domingo (08), em João Pessoa.

 

No retrospecto em decisões entre as duas equipes, a Raposa levou a melhor cinco vezes (1965, 1971, 1979, 1980 e 2016), enquanto o Belo levantou a taça em duas oportunidades (1984 e 2014).

 

Melhor campanha do torneio no agregado da primeira e terceira fase, o time da capital joga com a vantagem de disputar a segunda peleja em casa, além de ficar com o título caso a soma do placar dos dois jogos acabe em empate.

 

A divisão dos grupos do Paraibano fez com que o campeonato fosse completamente desequilibrado. Raposa e Belo sobraram na primeira fase, mas não se enfrentaram pois estavam na mesma chave. O Nacional de Patos, por exemplo, teve que disputar o quadrangular da morte tendo feito 19 pontos, enquanto o Treze foi semifinalista direto marcando apenas 14.

 

Apesar dos devaneios do regulamento, os deuses do futebol – e a competência de ambos – fizeram com que as duas melhores equipes acabassem se encontrando na decisão.

 

É o duelo da melhor defesa contra o melhor ataque do certame. A zaga rubro-negra foi vazada apenas quatro vezes em doze partidas, enquanto o time da estrela vermelha, em quatorze jogos, marcou trinta e três gols.

 

O Campinense, melhor time da fase de grupos, tem apenas um desfalque para o primeira partida da decisão. O treinador Ruy Scarpino não vai poder utilizar o atacante Rodrigo Silva, ainda lesionado. Satisfeito com o time que, há dez dias, bateu o Serrano nas semifinais, ele deve repetir os mesmos onze titulares, e não fez mistérios durante a preparação. Ele pode contar com o lateral direito Alex Murici, que estava machucado e desfalcou o time contra o Lobo da Serra.

 

No lado do Botafogo-PB, o time vem em uma exaustiva sequência de jogos importantes. Em sete dias, jogou as duas semifinais contra o Treze e, entre elas, enfrentou o Bahia em um jogo que valeu sua classificação para as quartas de finais da Copa do Nordeste.

 

Sem poder contar apenas com o lateral esquerdo Fábio Alves – além de Daniel, da mesma posição, e do volante Djavan, que não estão inscritos no campeonato -, o treinador Leston Júnior também deve usar a os mesmos jogadores que começaram a partida do último domingo diante do Galo.

 

Premiação

 

Em parceria com a Caixa Econômica Federal, patrocinadora do Campeonato Paraibano de 2018, a Federação Paraibana de Futebol definiu que serão divididos R$ 150 mil entre os finalistas. Quem levar o troféu embolsa 60% do valor (R$ 90 mil), enquanto o vice leva 40% (R$ 60 mil).

 

Arbitragem

 

A pedido dos dois clubes, a arbitragem vem de fora da Paraíba, no intercâmbio feito com os estados de Alagoas, Sergipe e Rio Grande do Norte. O trio que apita o jogo vem de Alagoas, e é comandado Francisco Carlos Nascimento, conhecido como Chicão, que será auxiliado por Rondinelle dos Santos e Maxwell Rocha. Diego Roberto, da Paraíba, é o quarto árbitro.

 

Escalações

 

Campinense: Jefferson, Rafael Jansen, William Goiano, Rafael Araújo; Neto, Felipe Macena, Alex Murici, Jackinha, Marcinho; Matheus Ortigoza (Thiago Potiguar) e Muller Fernandes. Técnico: Ruy Scarpino.

 

Botafogo-PB: Saulo, Felipe Cordeiro, Gladstone, Lula, Mazinho; Rafael Jataí, Rogério, Carlos Renato (Hiroshi), Marcos Aurélio; Dico e Nando. Técnico: Leston Júnior.

 

FONTE: VOZ DA TORCIDA


Rede Primeiro Minuto
©2016 - Todos os direitos reservados