Defesa Civil alerta: “Famílias correm risco de vida por conta de obras em Bodocongó”


Em 10/02/2018

 



O coordenador da Defesa Civil de Campina Grande, Ruiter Sansão, comentou sobre as fortes chuvas que ocorreram na noite dessa sexta-feira, 09, na cidade, ocasionando vários transtornos.

 

Segundo Ruiter, a chuva acarretou a queda de muros e causou muitos pontos de alagamentos.

 

– O muro da escola Monte Carmelo desabou. Mais de 25 pontos de alagamento e a situação mais séria foi na Avenida Floriano Peixoto, próximo ao Meninão, onde desabou um muro e os carros tiveram que voltar na contra mão. Na Rua Manoel Leonardo Gomes oito casas foram afetadas. Os canais, principalmente o Canal das Piabas no Alto Branco, Canal do Prado em Bodocongó, essas águas seguem rumo ao Distrito dos Mecânicos – ponderou.

 

Em entrevista neste sábado, 10, Ruiter destacou que duas famílias foram resgatadas ainda na noite de ontem nos bairros Novo Horizonte e Jardim Verdejante.

 

Ele salientou que em Campina Grande a previsão é de mais chuvas e que a Defesa Civil conta com o apoio do Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Serviços Urbanos.

 

Segundo Sansão, choveu cerca de 76 milímetros só no Alto Branco.

 

Ele alertou a população da Vila dos Teimosos, no bairro de Bodocongó, pois cerca de 40 famílias estão em risco de vida por conta de uma construção irregular.

 

– Essas famílias estão com risco de vida, por conta daquelas obras, onde construíram um parque e uma rua dentro do açude. Cerca de 40 famílias estão nessa situação de risco na Vila dos Teimosos – explanou.

 

Em caso de transtornos, a população pode ligar para a Defesa Civil no número (83) 98795-9851.

 

Ruiter ainda frisou que há uma preocupação com a região de Monteiro, pois a previsão é de muitas chuvas naquela região do Cariri, e alertou as pessoas que estão viajando para a localidade.

 

FONTE: PARAÍBA ONLINE

FOTO: PARAÍBA ONLINE


Rede Primeiro Minuto
©2016 - Todos os direitos reservados