Morre aos 85 anos o radialista Ivan Bezerra


Em 10/05/2018

 



Morreu aos 85 anos, por volta das 14h desta quinta-feira, no Memorial São Francisco, em João Pessoa, o radialista paraibano Ivan Bezerra, um dos mais importantes nomes da crônica esportiva brasileira. Há dois dias, Ivan havia sido internado na UTI do hospital, após ter sofrido um infarto. A causa da morte foi a falência múltipla dos órgãos. A informação foi confirmada pelo presidente da Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba (Acep), Ronaldo Belarmino.

 

Ivan Bezerra nasceu em Itabaiana, no Agreste paraibano, a 89 km da Capital, em 25 de novembro de 1932. Era funcionário aposentado do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) em João Pessoa.

 

Em 1952 começou a sua carreira na imprensa, entrando para a equipe da Rádio Tabajara, veículo onde construiu a maior parte da sua trajetória na crônica. Trabalhou ainda nas rádios Correio, Sanhauá e Arapuã e no Jornal Correio da Paraíba. Estava na Tabajara, em sua última passagem pela rádio, desde 1998, onde atuava até os dias atuais, comentando jogos do futebol paraibano e participando das resenhas esportivas semanais.

 

Ivan Bezerra era um dos mais antigos membros das crônicas esportiva do estado. Ele, inclusive, testemunhou o gol histórico de número 999 de Pelé, feito em João Pessoa, no amistoso entre Botafogo-PB e Santos, disputado no Estádio Olímpico (atual Vila Olímpica Parahyba) e vencido pelo Santos por 3 a 0. Na ocasião, Pelé marcou um gol e ainda virou goleiro, substituindo Jair Estevão, que alegou uma contusão.

 

O “Campeão de audiência” - alcunha utilizada nas rádios para designar Ivan Bezerra - deixa sete filhos e a sua esposa. Até o fechamento desta matéria não havia nenhuma definição sobre os locais de velório e enterro.

 

FONTE: GLOBOESPORTE.COM/PB

FOTO: DIVULGAÇÃO/RÁDIO TABAJARA


Rede Primeiro Minuto
©2016 - Todos os direitos reservados