Policial degola filho de oito meses e se mata no Paraná


Em 20/03/2018

 



Um bebê de oito meses foi degolado pelo próprio pai, um policial militar, na manhã do sábado (17) no Jardim Glória, em Colorado, no norte do Paraná. Depois de desferir golpes contra o filho, o homem tirou a própria vida.

 

Moradores da cidade estão muito abalados com a tragédia, já que a família era considerada tranquila. Segundo a Polícia Civil, ainda não se sabe a motivação do crime e um inquérito deve ser aberto nesta segunda-feira (19) para apurar as circunstâncias.

 

De acordo com informações preliminares, a mãe havia saído da residência para pedir ajuda após o policial insinuar que cometeria uma tragédia. Ela ligou para familiares e para a Polícia Militar (PM) pedindo socorro, mas quando reforços chegaram na casa, o marido e o bebê já estavam mortos.

 

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá. O celular do policial foi apreendido e será periciado. A principal suspeita é que ele estaria enfrentando transtornos psicológicos. O 4º Comando da Polícia Militar emitiu uma nota afirmando que lamenta o fato e irá trabalhar em conjunto com a Civil para esclarecer os fatos.

 

Troca de mensagens de celular trocadas entre a mulher, uma tia e o marido podem ajudar a polícia a entender o que levou o policial a cometer o crime.

 

O inquérito policial será aberto na segunda-feira (19), quando devem começar a ser ouvidas algumas testemunhas.

Em nota, a Polícia Militar (PM) lamentou o ocorrido e disse que vai trabalhar em conjunto com a Polícia Civil para o esclarecimento dos fatos.

 

"A Polícia Militar do Paraná está dando todo o apoio necessário à família do soldado por meio do serviço de ação social da corporação, que acompanhará a família e os policiais militares que trabalhavam junto deste soldado na 2ª companhia em Colorado", diz trecho da nota.

 

 

G1 / RIC MAIS


Rede Primeiro Minuto
©2016 - Todos os direitos reservados