Ricardo aprova Daniella Ribeiro para senadora da chapa do PSB: “Tem perfil sim”


Em 03/07/2018

 



O encontro que poderia ter ares de tensão, deve se tornar uma acolhedora reunião de cunho político-eleitoral. Nesta terça-feira (3), o governador Ricardo Coutinho (PSB) vai receber a deputada estadual Daniella Ribeiro (PP), por volta das 15h, para tratar – a priori – sobre segurança. Vale ressaltar que a progressista é da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), onde meses atrás engrossava o coro para atacar a gestão da segurança pública no estado, mas agora, após o PP ser desprezado pela oposição, está sendo cogitada como senadora na coligação encabeçada por João Azevêdo (PSB). O governador tratou, nesta terça, acerca da disposição do partido de agregar Daniella na chapa.

 

“Essa pergunta precisa primeiro ser feita a ela, e segundo a João Azevedo. Evidentemente que a minha reunião hoje vem exatamente de um pedido feito pela deputada, para que discutíssemos algumas coisas, como segurança. E vou compartilhar aquilo que temos feito, que é reconhecido nacionalmente. Vou ouvir também as sugestões e opiniões que a deputada tem para fortalecer as políticas públicas”, declarou Ricardo, antes de focar no âmbito político: “Com relação a política em si, tudo é possível, depende da vontade dos dois lados. Mas gosto sempre de deixar que outras pessoas ou partidos falem, porque não posso falar pelos demais. Mas acho que esse xadrez pelo Senado tem passado muito pela região de Campina Grande”, concluiu.

 

Questionado se enxerga em Daniella Ribeiro um perfil para senatória, Ricardo foi categórico. “Acho que tem perfil. Além de ser uma mulher com capacidade com papel de desempenhar um papel diferenciado nessa política que nós temos”, disse; acrescentando que: “Estamos aguardando os tempos exatos”.

 

Vice-governadoria

 

Ricardo traçou uma linha cronológica para definição dos nomes que vão compor a chapa majoritária de João Azevêdo. De acordo com ele, o vice-governador será o último nome a ser definido. O socialista disse que já lançaram Veneziano Vital do Rêgo como senador, agora estão focados em fechar o segundo nome ao senado, e só então vão começar a focar no nome para ocupar a vice-governadoria.

 

Para ele, não há um perfil específico para ser escolhido ao cargo. “Tem que ter representatividade, obviamente – não maior do que a do candidato a governador”, destacou.

 

Ainda conforme o governador, também pode se levar em conta a região que o pretenso candidato representa e o perfil político.

 

FONTE: BLOG DO GORDINHO

 


Rede Primeiro Minuto
©2016 - Todos os direitos reservados