Rede Primeiro Minuto
Quarta, 20 de Outubro de 2021
23°

Muitas nuvens

Campina Grande - PB

Política CAMPINA GRANDE

Sobre as mudanças no sistema eleitoral vereador campinense se sente “cobaia” do Congresso

A 85ª Sessão Ordinária em formato híbrido contou com a participação de 18 vereadores.

17/09/2021 às 10h15 Atualizada em 20/09/2021 às 11h50
Por: Da Redação
Compartilhe:
Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O presidente da CMCG, Marinaldo Cardoso (Republicanos) abriu na manhã desta quinta-feira (16), a 85ª Sessão Ordinária em formato híbrido, tendo como secretária a vereadora Jô Oliveira (PC do B), que contou com a participação de 18 vereadores.

PEQUENO EXPEDIENTE

O vereador Waldeny Santana (DEM), parabenizou o prefeito Bruno Cunha Lima que anunciou no dia de ontem, a construção do Mercado Público do Acácio Figueiredo. ‘Acredito que ali será gerado muitas oportunidades de trabalho. Não vou deixar nossas pautas caírem no esquecimento, como a criação de postos de trabalho, de forma organizada e padronizadas nas praças’, frisou.

O vereador lembrou ainda que as arcas comerciais devem ser revitalizadas e  que vai cobrar mais proatividade dos gestores municipal e estadual e que vai continuar solicitando a instalação de energia solar no Centro de Madeira.

A vereadora Fabiana Gomes (PSD) fez uma parte registrando que a pauta de revitalização das Arcas é antiga, e que um projeto do ex-vereador de Nelson Gomes Filho foi aprovado e que vai se juntar ao vereador Waldeny para cobrar.

O vereador Rubens Nascimento (DEM) falou da decisão da Câmara dos Deputados que concluiu, na madrugada desta quinta-feira (16), a votação do novo Código Eleitoral (Projeto de Lei Complementar 112/21). Aprovado na forma do substitutivo da relatora, deputada Margarete Coelho (PP-PI), o texto será analisado ainda pelo Senado.

Por 273 votos a 211, os deputados aprovaram emenda exigindo o desligamento de seu cargo, quatro anos antes do pleito, para juízes, membros do Ministério Público, policiais federais, rodoviários federais, policiais civis, guardas municipais, militares e policiais militares.

O vereador alerta que é preciso que a nossa voz comece a ecoar. O Código Eleitoral é alterado a cada eleição e nós vereadores somos cobaias da Câmara e do Senado Federal”.

O vereador Olímpio Oliveira (PSL), se juntou à fala do vereador Rubens e disse que a situação é preocupante, como se estabelecer por lei que magistrados, juízes, policiais e guardas municipais que pretendam ser candidatos, pedir exoneração quatro anos antes da eleição. Quando um chefe do executivo não tem um dia de afastamento. “Vivemos num país não sério”, lamentou.

Ele também alertou da necessidade de um convênio do Município com a Polícia Federal para o porte de arma dos agentes da Guarda Municipal, que tem um efetivo defasado, a cidade deveria ter 400 agentes e conta apenas com 50.

O vereador Janduy Ferreira (PSD) fez relatos das ações realizadas através da Secretaria de Serviços Urbanos de limpeza dos canais da cidade. ‘A gente cobra e acompanha os pedidos atendidos.

Ele também falou da visita ao Colinas do Sol, de uma área para uma Praça com uma academia popular e ainda, através de requerimento solicitou que seja delimitada uma área para ciclistas na Rua das Umburanas.

O vereador Alexandre Pereira (PSD), solicitou ao presidente Marinaldo Cardoso a promulgação do Projeto de Lei aprovado pela Casa que permite às Redes de Atacadões a venda de combustíveis.

Ele informa que Campina Grande tem o preço mais alto do combustível no Estado, e que em Patos pode se encontrar gasolina mais barata. 

REGISTRO 

A CMCG recebeu um e-mail de uma jovem que acompanha as atividades da CASA, fazendo elogios a transparência dos debates e embates realizados que são transmitidos ao vivo através da TV Câmara.

O vereador Marinaldo Cardoso (Republicanos), em nome da Mesa Diretora falou da sua alegria pelo recebimento do e-mail e agradeceu a jovem pelos elogios. Aproveitou a oportunidade para dizer que está feliz com a produtividade da Câmara nos oito meses desta legislatura, pelo número de requerimentos apresentados e aprovados, Projetos de Lei, indicações, sessões especiais e audiências públicas.

Destacou ainda que a Câmara tem mantido todos os protocolos impostos pela pandemia e que não houve descontinuidade dos trabalhos. “Somos passivos de críticas e que a crítica tem mais poder que os elogios, infelizmente”.

O vereador Rubens Nascimento (DEM), destacou a melhoria na qualidade das informações, na programação do site; no boletim diário e que se precisa melhorar cada vez mais.

A vereadora Jô Oliveira (PC do B) – falou da importância da transparência e agradeceu a todos que trabalham na Câmara.

O vereador Anderson Almeida (PODE) disse que é importante o relato das ações da Câmara que conta com 23 vereadores. E faz uma sugestão para uma mudança de horário das sessões ordinárias, que sejam realizadas à noite, e com isso contribuir para uma maior participação popular.

Os vereadores Waldeny Santana (DEM) e Olímpio Oliveira (PSL)  – apoiam a ideia de mudança de horário das Sessões Ordinárias.

Por conta da Audiência Pública para debater Energia Renovável (Solar), os vereadores declinaram do Grande Expediente.

O presidente Marinaldo encerrou a sessão convocando os vereadores para participarem da sessão da próxima terça-feira (21), em formato híbrido, a partir das 9h30.

Acompanhe tudo que acontece no poder legislativo através do www.camaracg.pb.gov.br ou pelos novos canais no youtube e facebook (camaracg oficial).

DIVICOM/CMCG

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias