Rede Primeiro Minuto
Quarta, 20 de Outubro de 2021
22°

Muitas nuvens

Campina Grande - PB

Paraíba INCLUSÃO

Prefeitura de Campina Grande lança site e Guia de Direitos e Benefícios da Pessoa com Deficiência

Apresentação aconteceu nesta terça-feira durante o 1º Festival de Artes Inclusivas do Município.

22/09/2021 às 17h11 Atualizada em 23/09/2021 às 17h59
Por: Da Redação
Compartilhe:
Foto: Codecom/CG
Foto: Codecom/CG

Lançado nesta terça-feira, 21 de setembro, durante o encerramento do 1º Festival de Artes Inclusivas de Campina Grande o “Guia de Direitos e Benefícios da Pessoa com Deficiência” e o site pcd.campinagrande.pb.gov.br destinado ao público com deficiência. A realização é da Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas) e Gerência da Pessoa com Deficiência. O evento foi no Teatro da Unifacisa, reunindo convidados e artistas com algum tipo de deficiência.

O secretário municipal Valker Neves (Assistência Social) e a gerente da Pessoa com Deficiência, Edna Silva fizeram o lançamento do “Guia de Direitos e Benefícios da Pessoa com Deficiência”. Por meio do Guia, criado e produzido pela Coordenação de Projetos e Diagramação da Semas, as pessoas com deficiência terão acesso às informações sobre direitos à Saúde, Educação, Moradia, Assistência Social, Trabalho e Gratuidade dos Transportes Públicos. No Guia também estão os canais de contato com a Gerência da Pessoa com Deficiência.

Já a secretária de Ciência e Tecnologia, Laryssa Almeida, lançou o site pcd.campinagrande.pb.gov.br destinado a toda população, especialmente às pessoas com deficiência. No site estão informações sobre a Coordenação da Pessoa com Deficiência, serviços prestados, além dos vários tipos de assistência social. Também no site o leitor tem acesso ao Guia de Direitos e Benefícios da Pessoa com Deficiência.

Na página do site há também um ícone onde é possível realizar o cadastro das pessoas com deficiência no município, levando em consideração cada tipo de deficiência, necessidade do uso de órteses, próteses e meios de locomoção (OPM), reabilitação ao mercado de trabalho, nível educacional e necessidades de acessibilidade.

Segundo Edna Silva, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, no Brasil, 24% da população tem algum tipo de deficiência e 7% apresenta deficiência severa. “Esses dados, no entanto, não são tão conhecidos da população. Por isso foi criado o site. Dessa forma será possível conhecer os indicadores sociais, econômicos e de territórios onde existe uma maior concentração dessa população e atender as suas reais necessidades”, finalizou.

Fonte: Codecom/CG

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias