Rede Primeiro Minuto
Quarta, 20 de Outubro de 2021
22°

Muitas nuvens

Campina Grande - PB

Política CAMPINA GRANDE

Marinaldo Cardoso e Sargento Neto cumprem agenda em Brasília e buscam apoio para obras na Alça Sudoeste

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, também esteve em reuniões das quais os vereadores fizeram parte.

30/09/2021 às 19h04 Atualizada em 02/10/2021 às 20h09
Por: Da Redação
Compartilhe:
Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Os vereadores de Campina Grande Marinaldo Cardoso (presidente da Câmara) e Sargento Neto estão em Brasília cumprindo uma intensa agenda de compromissos em torno de demandas do interesse do município, com destaque para a demanda de recursos para as obras de duplicação e outras melhorias na Alça Sudoeste.

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, também esteve em reuniões das quais os vereadores fizeram parte. A programação de Marinaldo e Sargento Neto na capital federal inclui encontros com deputados federais e senadores paraibanos, assim como autoridades ligadas ao governo federal.

Nesta quarta-feira, os vereadores participaram de uma reunião com o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Antônio Leite dos Santos Filho, para discutir o projeto-executivo já confirmado pela superintendência do órgão na Paraíba para duplicação do trecho da BR com construção de acessos e três viadutos.

“Tivemos muitas informações importantes repassadas pelo diretor geral a respeito desse projeto, o que direciona melhor a pauta para nossas conversas com os congressistas da Paraíba, que precisam destinar os recursos para a realização dessas obras tão importantes não apenas para Campina Grande e região, mas para todo o estado”, disse Marinaldo.

Marinaldo Cardoso e Sargento Neto seguem cumprindo agenda nesta quinta-feira na capital federal, antes de retornarem ao estado. Os vereadores estão acompanhados do o procurador-geral da Câmara Municipal de Campina Grande, Luiz Phillipe Pinto.

Fonte: Assessoria

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias