Rede Primeiro Minuto
Segunda, 29 de Novembro de 2021
27°

Alguma nebulosidade

Campina Grande - PB

Política NO DIA DO PROFESSOR

Senador Veneziano critica medidas do governo federal na educação e reforça compromisso com esses profissionais

Veneziano defendeu que haja uma união de esforços em favor do ensino público de qualidade.

15/10/2021 às 19h45 Atualizada em 18/10/2021 às 09h08
Por: Da Redação
Compartilhe:
Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

No Dia do Professor, comemorado nesta sexta-feira (15), o Primeiro Vice-Presidente do Senado, o senador Veneziano Vital do Rego (MDB-PB) homenageou todos os professores que segundo o senador exercem a “profissão das profissões”. Veneziano lembra que somente na educação básica o Brasil dois milhões e meio de professores. Para ele é preciso refletir sobre as recentes medidas adotadas pelo governo federal que prejudicam a educação e os profissionais em sala de aula.

Ele citou o bloqueio de verbas das universidades e dos institutos federais e o contingenciamento de valores destinados ao pagamento de bolsas-de-estudo como ações que vão na contramão do que é esperado de um país que quer se desenvolver. Como filho de um professor, o jurista e professor de direito Vital do Rêgo que por anos foi reitor da antiga FURNE (atual UEPB), Veneziano destaca que, os cortes já atingiram a marca de R$ 1 bilhão e vem ocorrendo desde os anos de 2019 e 2020, mas se ampliaram agora, com o orçamento de 2021.

Neste sentido, o senador reforça seu compromisso nas lutas empreendidas em defesa do ensino público como um todo e lastima que essa bandeira de corte de verbas continue pelo Governo Federal, o que vem ocorrendo desde o início da atual gestão. “Essa politica de desconstrução do ensino público teve início na gestão do ex-ministro da Educação, o colombiano Ricardo Vélez Rodríguez, passando por Abraham Weintraub, Carlos Alberto Decotelli e permanece com o atual ministro, Milton Ribeiro, que se dispõe a fazer esses cortes, ideologizando o tema da formação superior”, disse.

Veneziano defendeu que haja uma união de esforços em favor do ensino público de qualidade, em todos os níveis, com recursos suficientes para a manutenção dos três eixos basilares (ensino, pesquisa e extensão). Ele lembrou que quando prefeito de Campina Grande, fez concursos, estabeleceu e cumpriu os Planos de Cargos, Carreiras e Renumeração dos servidores (PCCR´s), construiu, reformou e ampliou, escolas e creches municipais, além de ter apoiado a melhoria das condições de trabalho dos professores.
“O professor além de ser técnico proficiente que ensina uma ciência, arte, técnica ou outro conhecimento, forma também cidadãos e molda o comportamento de uma geração. Fica aqui meu compromisso com todos que exercem essa ‘profissão das profissões’”, disse o senador.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Com informações da Agência Senado

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias