Rede Primeiro Minuto
Quinta, 26 de Maio de 2022
21°

Muitas nuvens

Campina Grande - PB

Anúncio
Política PEDIDO DE CASSAÇÃO

Representantes do AGIR36 dão entrada em representação para pedir cassação de Cabo Gilberto

Esperamos que a representação seja acatada e julgada na Casa

11/05/2022 às 13h00
Por: Da Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Representantes do AGIR36 protocolaram, nesta quarta-feira (11), representação no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) pedindo a cassação do deputado estadual Cabo Gilberto (PL) após o parlamentar criticar o Supremo Tribunal Federal (STF) e sugerir um contragolpe, nos mesmos moldes do instituído pelo regime militar em 1964.

Em contato com a reportagem, o presidente estadual do AGIR36, Flávio Moreira, disse que a conduta do parlamentar foi reprovável e passível de cassação. “Não é possível que o deputado pregue um crime, e a Assembleia fique inerte. Esperamos que a representação seja acatada e julgada na Casa”, destacou.

Segundo Flávio Moreira, se houver vontade política, é possível que o processo seja julgado em aproximadamente 45 dias.

Após o protocolo, a representação deve ser recebida pela presidência da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, e depois enviado para o Conselho de Ética da Casa. “Após o parecer do Conselho de Ética, é aberto o prazo para defesa, e depois, o relatório será discutido e votado pelos deputados. Se houve vontade política, em aproximadamente 45 dias o processo pode ser votado”, arrematou.

A reportagem tentou contato com o deputado Cabo Gilberto para se pronunciar sobre a representação, mas não teve as ligações telefônicas atendidas.

Fonte: Portal Paraíba

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias