Rede Primeiro Minuto
Sábado, 17 de Abril de 2021 11:12
83 98170-6053
Paraíba COVID-19

Ministério da Saúde habilita nove leitos de UTI abertos pela Secretaria de Saúde de Campina Grande

Os leitos foram contratualizados e abertos desde o ano passado, no Hospital João XXIII, e reativados neste mês de março de 2021.

31/03/2021 19h44 Atualizada há 2 semanas
Por: Da Redação Fonte: Codecom/CG
Foto: Codecom/CG
Foto: Codecom/CG

O Ministério da Saúde reconheceu e habilitou, nesta semana, o funcionamento de nove leitos de UTI abertos pela Secretaria de Saúde de Campina Grande para atendimento exclusivo aos pacientes graves da covid-19. Os leitos foram contratualizados e abertos desde o ano passado, no Hospital João XXIII, e reativados neste mês de março de 2021.

Com essa medida a Secretaria Municipal de Saúde passa a receber pelo custeio dos leitos que, durante quase um ano de pandemia causada pela covid-19, o financiado aconteceu pela própria pasta. O valor da manutenção dos nove leitos de UTI ultrapassa R$ 432 mil.

“É um suporte importantíssimo, que chega num momento essencial. Mantivemos o funcionamento desses leitos durante todo este tempo e agora vamos passar a receber esse aporte. É também um reconhecimento ao trabalho que vem sendo feito porque, para autorizar a habilitação, é feita uma análise criteriosa do enfrentamento à pandemia na cidade, do corpo técnico do hospital e das condições dos leitos”, explicou o secretário de Saúde de Campina Grande, Filipe Reul.

Os leitos são para os pacientes com diagnóstico positivo do novo coronavírus e com sintomas graves, principalmente para os que têm problemas cardíacos, porque o Hospital João XXIII é referência para o atendimento em cardiologia. Dos nove leitos, atualmente seis estão ocupados.

Além da reabertura da estrutura do Hospital João XXIII, a Secretaria segue reforçando a rede de atendimento a pacientes com covid-19. No Complexo Hospitalar Municipal Pedro I foram abertos 10 novos leitos de UTI e 6 de enfermaria. E outros 14 leitos de UTI devem ser abertos posteriormente.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias