Rede Primeiro Minuto
Sábado, 08 de Maio de 2021 16:49
83 98170-6053
Política CMCG

Projeto da Vereadora Jô Oliveira propõe criação de Mapa da Violência Contra a Mulher em Campina Grande

Segundo o aplicativo SOS Mulher PB os casos de violência contra a mulher na Paraíba cresceram 105,6%.

23/04/2021 15h05 Atualizada há 2 semanas
Por: Da Redação Fonte: Assessoria
Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Segundo o aplicativo SOS Mulher PB os casos de violência contra a mulher na Paraíba cresceram 105,6%, sendo que a violência psicológica aumentou 132%, enquanto a física cresceu 53% e o abuso sexual teve uma ampliação de mais de 54%. Pensando na importância de ter esses dados sistematizados e acessíveis para facilitar a elaboração de políticas públicas no combate ao enfrentamento à violência contra as mulheres, a vereadora Jô Oliveira (PCdoB), propôs um projeto de Lei para a “Criação do Mapa da Violência contra as Mulheres de Campina Grande”.

Esse Mapa poderá viabilizar periodicamente estatísticas a partir das fontes oriundas das políticas públicas municipais, contribuindo assim para a construção de novas políticas públicas, com um caráter intersetorial e mais eficazes de acolhimento e proteção a essas mulheres em situação de violência. O mapa servirá também para auxiliar na identificação de diferentes perfis de mulheres e com isso evidenciar as prioridades e quais as melhores ações a serem tomadas.

Mas os dados do Mapa não ficariam apenas à disposição do poder público municipal, a ideia é que os dados coletados sejam centralizados na Coordenadoria da Mulher e disponibilizados para acesso de todos através de publicação no Semanário Oficial do Executivo e no site da Prefeitura.

A vereadora Jô Oliveira destaca a importância de uma base de dados municipais que subsidie a realização de políticas públicas mais eficazes, segundo ela:

“Para um efetivo enfrentamento da violência contra as mulheres, é preciso ter informações que nos permitam visualizar a amplitude da realidade, saber o que foi feito, o que não foi e o que precisa fazer, quais as prioridades… O mapa servirá para isso, para subsidiar a elaboração de políticas públicas mais eficazes”, destacou. 

O projeto foi protocolado junto a Câmara Municipal e espera parecer da Comissão de Constituição e Justiça da Casa de Félix Araújo, para que possa entrar na pauta de votação nos próximos dias.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias