Athletico-PR tenta ‘missão impossível’ contra o Grêmio na Copa do Brasil


Em 04/09/2019

 



Foto: Divulgação / Athletico-PRO Athletico-PR enfrenta o Grêmio nesta quarta-feira (3), às 19h, na Arena da Baixada, para conquistar uma vaga na final da Copa do Brasil 2019. Entretanto, o Furacão precisa realizar uma missão impossível até agora: fazer pelo menos dois gols no Tricolor em um torneio mata-mata.

 

Vale lembrar que, na ida, os gremistas venceram por 2 a 0. Ou seja, um triunfo pela diferença de dois gols de diferença a favor do Rubro-Negro leva a decisão aos pênaltis (não há o critério do gol fora de casa).

 

O problema, para os paranaenses, é que o Grêmio não tomou dois gols em nenhuma das 15 partidas que fez na Copa do Brasil e na Libertadores neste ano.Na Copa do Brasil, os gaúchos só tomaram gol contra o Bahia. Já na Libertadores, em 10 duelos (seis vitórias, um empate e três derrotas), o Grêmio tomou gol em seis partidas. Entretanto, os gremistas sofreram apenas um gol nesses seis embates.

 

Isto é, a solidez defensiva se torna a principal arma do técnico Renato Gaúcho para o confronto. Ainda mais que o time ainda tem o desfalque de Everton ‘Cebolinha’ (suspenso).

 

ATHLETICO CHEIO DE DESFALQUES

 

O Athletico pode ter 11 desfalques para o jogo caso o lateral direito Jonathan não entre em campo. O jogador de 33 anos ficou de fora do treino desta terça-feira (3) e foi ausência nas últimas partidas do Furacão por lesão. Entretanto, ele ainda será reavaliado e tem chances de jogar.

 

Ainda na lateral, só que do lado esquerdo, Adriano e Abner Vinicius foram contratados após o período de inscrições.

 

Na defesa, o zagueiro Léo Pereira está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no jogo de ida. O outro jogador da zaga rubro-negra seria Pedro Henrique, mas ele já defendeu o Corinthians na Copa do Brasil e não pode mais atuar na competição deste ano. A terceira ausência no setor é Thiago Heleno, punido por doping.

 

Thiago pegou gancho de seis meses por doping. O mesmo vale para o volante Camacho. Os dois foram punidos pela Conmebol no mês passado e só devem voltar a jogar em novembro.

 

No meio campo, Bruno Nazário sofreu uma lesão no joelho e fez cirurgia recentemente. Dessa forma, ele é desfalque por pelo menos dois meses.

 

Para fechar a lista, o Athletico ainda sofre desvantagem contratual do Grêmio. O lateral direito Madson e o atacante Thonny Anderson pertencem ao time gaúcho e também não jogam.

 

DÚVIDA NO GRÊMIO

 

Do outro lado, Renato Gaúcho tem três desfalques. O lateral Juninho Capixaba, não treinou por lesão, mas não preocupa porque Bruno Cortez é o titular no setor.

 

No meio campo, Maicon ainda se recupera de dores na panturrilha direita. Ele será avaliado amanhã e, se não tiver condições, vai ceder a vaga para Rômulo.

 

Para fechar, o principal nome gremista também fica de fora. Everton ‘Cebolinha’ também levou o terceiro cartão amarelo e está de fora do jogo. Contudo, o atacante viajou para Curitiba com o resto da delegação e vai apoiar Pepê, seu substituto.

 

FONTE: PARANÁ PORTAL



Rede Primeiro Minuto
©2019 - Todos os direitos reservados