Band faz acordo com DAZN para transmitir Ligue 1


Em 15/07/2019

 



Foto: PSGA Band fechou um acordo com a plataforma de streaming DAZN para sublicenciar os direitos de transmissão do Campeonato Francês na temporada 2019/2020. O contrato garante à emissora a exibição de um jogo por rodada e mantém a estratégia do DAZN de buscar parceiros na TV aberta.

 

Ao divulgar o acordo, a emissora paulistana não deu detalhes de como a parceria vai funcionar. Com a RedeTV!, com quem o DAZN dividiu no começo do ano os direitos da Copa Sul-Americana, a plataforma de streaming fornecia não apenas os direitos de transmissão, mas também realizava toda a cobertura da partida, numa estratégia para que a marca da empresa se tornasse mais conhecida. Depois que o DAZN foi lançado, porém, a RedeTV! passou a exibir o torneio em reprise apenas.

 

O negócio é uma extensão do acordo que as próprias empresas haviam firmado no mês de junho, em que o DAZN cedeu os direitos de transmissão da Série C do Campeonato Brasileiro para a Band retransmitir nas regiões norte e nordeste.

 

Agora, no Francês, a Band deve optar por colocar mais jogos do Paris Saint-Germain na transmissão. Mesmo sem a certeza de permanência de Neymar, o time é o mais conhecido e desejado no mercado brasileiro atualmente.

 

Com o acerto, a Band também dá mais um passo em nova estratégia de voltar a ser o “Canal do Esporte”, como era reconhecida nas décadas de 80 e 90. O canal exibiu recentemente as finais da NBA, tem transmitido o Brasilierão Feminino, é a emissora do NBB Caixa e, agora, começa a olhar os campeonatos europeus de futebol. A Band mantém negociações com a ESPN para contar também com os direitos de transmissão da Premier League, primeira divisão do Campeonato Inglês.

 

“A parceria com o DAZN faz parte do projeto da Band de ter uma grade esportiva bem competitiva, atendendo uma demanda do público por uma programação com muito esporte", havia declarado José Emílio Ambrósio, diretor de esportes da Band, ao assinar com o DAZN para transmissão da Série C do Brasileiro.

 

Para a plataforma de streaming, ter a Band como parceira ajuda a divulgar mais a existência da empresa enquanto não há muitos direitos disponíveis. A ideia é que, com a Band mostrando apenas um jogo por rodada do Francês, o grande público tenha interesse em assinar o serviço de R$ 37,90 por mês para ver o restante do torneio. Até agora, com a Sul-Americana, muitos torcedores têm assinado apenas o primeiro mês gratuito para ver o jogo e cancelam a assinatura depois disso.

 

FONTE: MÁQUINA DO ESPORTE



Rede Primeiro Minuto
©2019 - Todos os direitos reservados