Com erros de arbitragem, Botafogo-PB perde para o Bahia e se despede da Copa do Nordeste


Em 26/07/2020

 



Foto: Felipe Oliveira / EC BahiaNa noite de sábado (25), o Botafogo-PB enfrentou o Bahia pelas quartas de final da Copa do Nordeste no estádio de Pituaçu, em Salvador. Com péssima atuação da arbitragem, que anulou um gol botafoguense e validou um tento impedido do tricolor baiano, o Belo perdeu por 3 a 1 e deixou a competição.

 

Logo apos 12 minutos, após rebote do escanteio, Ronaldo, livre na meia-lua da grande área, chapou de pé direito no canto esquerdo de Felipe e balançou a rede para abrir o placar para o Tricolor de Aço.

 

Depois de sofrer o gol, o Botafogo-PB passou a adiantar a marcação e chegou a ocupar a grande área adversária. A melhor oportunidade foi do lateral-direito Mário, que invadiu a área e bateu prensado com o goleiro Anderson, na linha de fundo pelo lado esquerdo, mas a bola explodiu no peito do arqueiro e a defesa baiana afastou o perigo.

 

Controlando a partida, mesmo com a posse de bola dividida, o tricolor baiano conseguia atacar sempre que tentava impor seu ritmo, enquanto o Belo tinha uma posse de bola improdutiva e, na frente, Cássio Gabriel e Lohan sempre buscavam jogadas individuais, mas sem ter sucesso.

 

Segundo tempo

 

Na volta do vestiário, Mauro Fernandes decidiu colocar o Botafogo-PB para cima e promoveu as entradas dos atacantes Dico e Kelvin nos lugares  de Everton Heleno e Cássio Gabriel.

 

Mas logo aos 2 minutos, em jogada de Juninho Capixaba pela esquerda, Rodriguinho, livre na pequena área, só escorou para marcar o segundo gol do Bahia no jogo.

 

Três minutos mais tarde, Rodriguinho recebeu de Clayson na entrada da área, bateu de direita e Felipe fez boa defesa para evitar mais um gol tricolor.

 

Em sua primeira finalização perigosa, o Belo conseguiu diminuir o placar. Aos 14, Fred cobrou falta com categoria, a bola explodiu na forquilha do lado esquerdo e, na sobra, Rodrigo Andrade cabeceou para o gol livre e recolocar o time pessoense na partida.

 

Aos 18 minutos, Mário lançou Kelvin, que recebeu atrás da defesa e bateu no canto esquerdo de Anderson, estufando a rede, mas o auxiliar Bruno Cesar Chaves Vieira marcou impedimento inexistente e anulou o tento.

 

No lance seguinte, Dico recebeu na esquerda, invadiu a área e bateu firme de pé direito, mas a bola saiu pela linha de fundo, a esquerda da meta baiana.

 

Se um erro de arbitragem prejudicou o Botafogo-PB, outro ajudou o time tricolor e praticamente definiu o jogo. Após chute de Clayson, Fernandão apareceu na frente da zaga, impedido, e desviou para o fundo do gol, marcando o terceiro gol do Bahia.

 

Com o resultado, o Botafogo-PB volta suas atenções ao Campeonato Paraibano. No meio da próxima semana, o time vai enfrentar o CSP pela décima rodada, precisando de tropeços de Atlético de Cajazeiras ou Treze para se classificar.

 

Escalações

 

Bahia: Anderson, João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho, Juninho Capixaba; Ronaldo, Flávio (Elton), Rodriguinho (Daniel); Élber (Alesson), Clayson (Marco Antônio), Fernandão (Saldanha). Técnico: Róger Machado.

 

Botafogo-PB: Felipe, Wellington Cézar, Fred, Luís Gustavo, Mário; Mineiro, Everton Heleno (Dico), Marcos Vinicius, Cássio Gabriel (Kelvin), Rodrigo Andrade; Lohan (Mário Sérgio). Técnico: Mauro Fernandes.

 

FONTE: VOZ DA TORCIDA



Rede Primeiro Minuto
©2019 - Todos os direitos reservados