Flamengo é punido pela Conmebol por uso irregular de escudo na Libertadores


Em 02/09/2019

 



Foto: Marcelo de Jesus / Raw-ImageO Tribunal Disciplinar da Conmebol multou em 10 mil dólares, cerca de R$ 41,5 mil, o Flamengo pelo uso irregular do patch da Libertadores na partida contra o Internacional, no dia 21 de agosto, pela ida das quartas de final do torneio. Os escudos da entidade foram expostos, nas mangas das camisas, acima dos patrocinadores, e não abaixo, como previsto no Regulamento Geral da Copa. 



A utilização dos patchs na Libertadores estão especificados nos Artigos 64 e 65 do Regulamento Geral da Copa. O atual campeão deve exibir no peito o escudo, de forma centralizada e na parte dianteira das camisas. O uso é obrigatório.



Os demais clubes devem, obrigatoriamente, usar o patch correspondente à edição de 2019 na manga direita e, caso o clube seja campeão da Libertadores, o patch com o número de títulos na manga esquerda. No caso do Flamengo, campeão da América em 1981, é o nº 1. Como mostrado em imagens no regulamento, os escudos devem ser colocados centralizados e na parte inferior.

 

A multa superou os 5 mil dólares previstos no Regulamento Heral pois, segundo a decisão do Tribunal Disciplinar, o Flamengo colocou à disposição menos de 12 gandulas na partida, o que é exigido para as partidas da Copa. 



Nesta edição da Libertadores, o clube da Gávea foi multado em 10 mil dólares por conta de bombas e sinalizadores acessos no Maracanã. Neste caso, se for reincidente, o clube pode até perder mandos de campo e, por isso, a direção soltou um comunicado pedindo à Nação para que torça com responsabilidade.

 

FONTE: LANCE!



Rede Primeiro Minuto
©2019 - Todos os direitos reservados