Mundial Feminino: Vadão admite preocupação com a país da Oceania na 1.ª fase


Em 09/12/2018

 



O técnico Vadão não escondeu a preocupação com o futuro confronto entre a seleção brasileira e a Austrália na fase de grupos do Mundial Feminino. A equipe australiana será a segunda adversária do time brasileiro no Mundial de 2019, na França, de acordo com o sorteio realizado neste sábado, na capital francesa.

 

"Temos jogado muito contra a Austrália, em torneios, amistosos, Copa do Mundo e Olimpíada. Na última edição do Mundial, elas nos eliminaram, na Olimpíada fomos nós que eliminamos elas. Então, é um adversário constante e nós nos conhecemos bem e isso dá um bom parâmetro para os dois lados", comentou o treinador.

 

A seleção brasileira estreará no Mundial contra a Jamaica, em duelo marcado para o dia 9 de junho, em Grenoble, na França, sede do torneio. O duelo seguinte será diante da Austrália, no dia 13, em Montpellier, e a Itália, no dia 18, em Valenciennes, será o adversário do jogo que encerra a participação do Brasil na primeira fase da competição.

 

"O grupo é bem equilibrado, nós conhecemos bem a Austrália, a Itália tem feito um investimento muito grande no futebol feminino, inclusive temos até a Thaísa (volante da seleção) jogando no futebol italiano. A única surpresa é a Jamaica, que não conhecemos muito bem, mas vamos estudar muito daqui para frente", analisou o treinador.

 

CAMPEÃO E KAKÁ


O sorteio foi realizado no La Seine Musicale, um teatro requintado na região metropolitana de Paris. Didier Deschamps, técnico que comandou a França no bicampeonato da Copa do Mundo da Rússia, e o brasileiro Kaká participaram do evento.

 

Os dois ajudaram no sorteio das bolinhas, que definiram as quatro seleções integrantes de cada um dos seis grupos da competição.

 

Além de Vadão, estiveram no evento representando o Brasil o presidente eleito da CBF, Rogério Caboclo, que assumirá o cargo em abril de 2019, o vice-presidente, Fernando Sarney, e o coordenador de seleções femininas, Marco Aurélio Cunha.

 

FONTE: AGÊNCIA ESTADO



Rede Primeiro Minuto
©2019 - Todos os direitos reservados