Presidente da Perilima, enfim, quebra silêncio sobre denúncias contra seu clube: "Agora acabou"


Em 29/12/2018

 



O presidente da Perilima, Jailton Oliveira, se manteve em silêncio durante os mais de dois meses em que seu clube esteve envolvido em um imbróglio judicial, acusado de ter escalado um jogador de forma irregular na 2ª divisão do Campeonato Paraibano deste ano. Foi opção do dirigente só se manifestar quando a situação fosse resolvida. E, tão logo o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu arquivar os processos de Sport-PB e São Paulo Crystal contra a Águia de Campina, nessa sexta-feira, Jailton soltou o verbo. Usando uma dose de sarcasmo contra os dois clubes que tentaram tirar a Perilima da elite de 2019, o dirigente deu a entender que estava seguro o tempo todo de que a Águia sairia ilesa desse processo.

 

Sport-PB e São Paulo Crystal alegavam que a escalação do meia Brenno Yuri, da Perilima, havia ocorrido de maneira irregular em cinco jogos da primeira fase da divisão de acesso do futebol paraibano. E se baseavam no Regulamento Específico da Competição (REC) para argumentar isso. A primeira denúncia apresentada contra a Águia de Campina foi feita pelo Carneiro, ainda em outubro. A diretoria do clube de Campina Grande, no entanto, nas poucas vezes em que se manifestou, garantia que estava respaldado pelo Regulamento Geral de Competições (RGC), da CBF, que, de fato, se sobrepunha ao REC.

 

Ação vai, ação vem... o caso foi do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB) ao STJD. No principal Tribunal de Justiça Desportiva do Brasil, o caso foi arquivado nessa sexta-feira, mantendo a Perilima na 1ª divisão estadual. Para Jailton, isso representa a vitória do clube que, na sua opinião, sempre esteve respaldado pelo regulamento.

 

- Vitória da competência e do profissionalismo dentro e fora de campo! - resumiu o presidente da Perilima.

 

Mas Jailton Oliveira foi além. Com a autoridade de quem dirige o clube que venceu todas as partidas que disputou na primeira fase do Campeonato Paraibano deste ano e que teve o melhor aproveitamento de pontos na competição, o dirigente ousou ser irônico com os adversários. E, de maneira sarcástica, lembrou que a Perilima venceu quatro vezes o Sport-PB dentro das quatro linhas.

 

- A Perilima tem agora seis vitórias consecutivas diante do Sport Lagoa Seca. Quatro pancadas em campo e duas nos tribunais. Só não perderam para a Perilima quando não nos enfrentaram - ironizou Jailton.

 

O dirigente se refere às duas vitórias que a Águia de Campina conseguiu contra o Sport-PB na fase classificatória - 4 a 0 e 2 a 1 - e às duas impostas nas semifinais - 1 a 0 e 2 a 0. Eliminando o Carneiro nas semis, a Perilima se credenciou para fazer a decisão contra o Esporte de Patos e, consequentemente, assegurou vaga na 1ª divisão de 2019. Acabou perdendo a final e ficando com o vice-campeonato, mas a classificação para a elite já estava garantida.

 

Quem também entrou na Justiça para tentar ficar com a vaga da Águia na elite do Paraibano foi o São Paulo Crystal, que teve a segunda melhor campanha da primeira fase e acabou eliminado nas semifinais pelo Esporte de Patos. O Tricolor de Cruz do Espírito Santo alegava ter direito a disputar a 1ª divisão, já que terminou a Segundona na terceira colocação geral, mas acabou sendo alvo também da resposta afiada de Jailton.

 

- Já em relação ao São Paulo Crystal, que também ingressou no processo como parte interessada, basta agora amargar, além das duas derrotas em campo, nos anos de 2017 e 2018, mais uma outra derrota, desta vez nos tribunais. Um viva à competência e ao profissionalismo - finalizou o presidente da Perilima.

 

Vice-campeão da 2ª divisão deste ano, a Águia de Campina está garantida na elite de 2019 e já sabe quais adversários vai ter na competição estadual. A Perilima está no Grupo B - ao lado de Atlético de Cajazeiras, Campinense, CSP e Esporte de Patos - e, como prevê o regulamento, vai enfrentar na primeira fase apenas os times do Grupo A: Botafogo-PB, Nacional de Patos, Serrano-PB, Sousa e Treze. A estreia do clube de Jailton Oliveira está marcada para o dia 12 de janeiro (um sábado), contra o atual campeão, o Belo, às 16h, no Almeidão, em João Pessoa.

 

FOTO: GLOBOESPORTE.COM/PB

FOTO: DIVULGAÇÃO/PERILIMA



Rede Primeiro Minuto
©2019 - Todos os direitos reservados